Oswaldinho & Vieirinha - de Rio Vargedo para a fama

Por Roque Salvan
roquesalvan@gmail.com
Colaborações de:
- Valentin Gustavo da Silva (Foz do Iguaçu - PR)
- Roberval Vieira Rubinho (Filho de Vieirinha) - Curitiba (PR)
- Francisco "Chico" Ambrosini (dn01-04-1945) - Filho de Vieirinha - Criciuma (SC)
Uma das maiores e melhores dupla sertaneja paranaense, que segundo o site tribunapr.com.br eles eram donos de uma metade do coração curitibano, nasceram e se criaram na nossa Comunidade de Rio Vargedo, aqui no município de Treze de Maio, SC. Oswaldinho é natural de Siderópolis (SC) e Vieirinha (Gentil Bergmann Vieira) que é primo de Dobrandino Gustavo da Silva (Ex-deputado paranaense e ex-prefeito de Foz do Iguaçú no PR) é descendente da família BERTHOLDO FERNANDES VIEIRA.
Vieirinha (Gentil Bergmann Vieira), que em 1953 migrou para Curitiba onde fez muito sucesso até o ano de 1957, é filho de JOSÉ  “Zéca” BERTHOLDO  VIEIRA   e  Rita Bergmann(filha de Pedro Miguel Bergmann).
Ainda segundo o site tribunapr.com.br, afortunados, Oswaldinho e Vierinha apresentavam na Rádio Clube Paranaense, a Bedois (RB2), os programas “Galpão do Violeiro” e “Enquanto o mate corre”. Naqueles tempos modestos, os sertanejos não compravam helicópteros. No auge da fama, Oswaldinho e Vierinha compraram uma motocicleta e, em alta velocidade, no dia 10/02/1957 bateram contra a carroceria de um caminhão. Oswaldinho morreu na hora. Vieirinha foi levado ainda com vida para o hospital da Cruz Vermelha.
Com o coração na mão, Curitiba parou para ouvir tocar no rádio os maiores sucessos da dupla. Naquele morre, não morre (na época ainda não havia UTI), centenas de pessoas se aglomeravam na porta do hospital para se certificar dos boatos. Foram dois dias de choro, orações e muitas velas para Nossa Senhora dos Milagres.
No terceiro dia de vigília, Vieirinha se foi para não mais voltar. E a Lua, a iluminar a multidão que aguardava o milagre, também foi embora.
Vieirinha (Gentil Bergmann Vieira) era casado com Jacy Venturini Vieira (filha de Silvestre Venturini e Maria Feltrin Venturini, naturais de Siderópolis-SC). Antes de migrarem para Curitiba no paraná, a Dupla residiu em Caxias do Sul e Porto Alegre no RGS onde Vieirinha exercia a função de mecânico na VARIG (Viação Aérea Rio Grandense) e cantavam na Rádio Gaúcha de Porto Alégre onde devido ao grande sucesso e a fama receberam melhores propostas e migraram para as Rádios paranaenses.
Oswaldinho & Vieirinha - foto: tribunapr.com.br/blogs/dante-mendonca/quando-a-lua-foi-embora
Referências:
http://www.tribunapr.com.br/blogs/dante-mendonca/quando-a-lua-foi-embora/
Dante Mendonça - acesso/disponível em 18/02/2017


Oswaldinho & Vieirinha - de Rio Vargedo para a fama - Foto de Moacyr Filho
UM POUCO DA HISTÓRIA DA RÁDIO CLUBE PARANAENSE
 por Ubiratan Lustosa
fonte: http://www.ulustosa.com/primordiosradio-capitulo5-6.htm
PROGRAMAS DE ESTÚDIO - "GALPÃO DE VIOLEIROS", pela manhã, e "ENQUANTO O MATE CORRE", à tarde - eram apresentados por uma das duplas sertanejas mais famosas do Paraná: Oswaldinho e Vieirinha. Com a morte de ambos em 1.957, num acidente de trânsito que comoveu a população paranaense, o comando do programa "Galpão de Violeiros" ficou com Zé Paióça, um talentoso poeta e declamador sertanejo dono de grande popularidade.
RÁDIO CLUBE PARANAENSECapítulo 3
RÁDIO CLUBE PARANAENSECapítulo 7
Leia mais em: http://www.ulustosa.com/primordiosradio-capitulo5-6.htm
-------------------------------------------------------------------------Vídeos


Vídeo de nadimbts- Fonte: https://www.youtube.com/user/nadimbts/about



Vídeo de nadimbts- Fonte: https://www.youtube.com/user/nadimbts/about 
Gravadora RCA - ano de 1956


Vídeo de MOACYR FILHO - Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=ciD5mVrf0Po
Moacyr Filho - https://www.facebook.com/acervomoacyrfilho/

-------------------------------------------------------------------Discografia

Sertanejos – Seleção 78 RPM Do Toque Musical Vol. 122 (2014)

Fonte: 
Dupla Oswaldinho e Vieirinha, o RCA Victor 80-1818, gravado em 25 de março de 1957 e lançado em julho do mesmo ano, aqui está o lado B, a toada “Canção do tropeiro”, de exclusiva autoria de Vieirinha, matriz 13-H2PB-0078.

-------------------------------------------------------------------Discografia
17-Gaúcho guapo-Oswaldinho e Vieirinha

18-Canção do tropeiro-Oswaldinho e Vieirinha
FONTE: http://rarissimos.blogspot.com.br/2013/05/brasil-caipira.html
----------------------------------------------------------------------Na mídia
Na Rádio Clube Paranaense, o programa matutino "Galpão de Violeiros" era apresentado por "Oswaldinho e Vieirinha", uma das duplas sertanejas mais famosas do estado do Paraná e, com o falecimento prematuro dos dois integrantes da dupla, num acidente de trânsito em 1957, o comando do programa ficou com Zé Paioça, que já tinha seu talento reconhecido como poeta e declamador sertanejo. fonte: http://www.recantocaipira.com.br/duplas/ze_paioca/ze_paioca.html

----------------------------------------------------------------------Na mídia
Brasil Caboclo
Bom dia Brasil. Começamos agora às 07:00hs até as 09:00hs aqui pela nossa Rádio E-Paraná AM 630 o programa "Brasil Caboclo - A Música Caipira com Gostinho de Saudade" e você é o nosso convidado.
Venha ouvir a boa música caipira e conhecer um pouco da trajetória de vida e obra de seus personagens.
Hoje entre a nossa programação, estaremos relembrando fatos e músicas da antiga dupla paranaense Osvaldinho e Vieirinha "Dupla Gaúcha".
Estaremos recebendo em nossos estúdios Roberval e Manuel (Filho e neto) do Vieirinha.
Vamos viajar no tempo, desde os tempos do 78 rpm até os dias atuais.


----------------------------------------------------------------------Na mídia

- Roberval Vieira Rubinho é Filho de Vieirinha com Jacy Venturini Vieira e Francisco "Chico" Ambrosini é Filho de Vieirinha com Donília da Silva Ambrosini, ambas de Siderópolis (SC).